Meu Perfil
BRASIL, Mulher



Histórico


    Votação
     Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
     Responsabilidade Social.com
     Blogjob
     O Admirável Mundo Novo da Lulu
     Revelações de minh'Alma!


     
    Pra Gente ser Feliz


    Os bons são a maioria?

    Essa pergunta volta e meia torna a provocar intensos debates no meu coração.

    Sinto que sim, são a maioria. 

    Aí, leio as notícias, vejo a violência, os rojões, colegas de trabalho mortos, conhecidos sendo assaltados toda semana... Fraquejo e desanimo.

    Nesse vai e vém entre fé e pessimismo, dia desses, li um texto lindo que Eugênio Mussak escreveu para sua neta, Mia, que acaba de chegar ao mundo. Lindo, de chorar! Sobre essa pergunta que volta e meia me assola, o escritor afirma com toda a certeza que sim, os bons são a maioria! E pede para a neta não duvidar disso nem por um segundo, numa fala mais ou menos assim: “Os bons são a maioria, mas os que ainda-não-são bons fazem um barulho danado. Mas não dê tanta atenção a eles”...

    Isso posto, sinto que o segredo mora aí: não podemos nos deixar levar por essa algazarra alheia. Ela nunca vencerá a perenidade do silêncio. O silêncio que engole qualquer palavra em vão, com toda a calma, placidez e certeza de que sempre vencerá.

    Afinal, só existe o que é amor; e o que não é amor ainda... E eis que a Verdade se faz presente:

    Uma amiga-irmã de caminhada nesta vida, entregou-me uma frase que – puramente intensa – até o momento está sendo realizada em mim. É uma compreensão que soou como aquelas verdades que de tão intrínsecas, são orgânicas. O corpo inteiro sente e sabe que é verdade. Mais que uma citação, soa como uma certeza, uma promessa.

    Direta e reta, essa amiga disparou a seguinte afirmação: “Uma única pessoa agindo com AMOR (com Deus) é a maioria. Sim, verdadeiramente acredito/confio nisso. E em sendo assim, uma única dúzia de seres agindo na condição de co-criadoras da luz,  tem muito mais poder do que um maracanã lotado de pessoas encolhidas pelo medo.”

    Né?

    Para finalizar, essa irmã narra despretensiosamente uma linda passagem bíblica que não soube precisar qual é, mas que com palavras simples traduz, por uma parábola, a mensagem sublime desta Verdade pura:

    “Deus em um determinado momento teria decidido destruir uma cidade inteira por causa da iniquidade que ali dominava. Sabendo disso, um homem, morador da tal cidade, sobe à montanha para orar e pedir a DEUS que tenha piedade e que não destrua a cidade. Então Deus diz a ele: Sim, eu faço um trato contigo...volta na cidade e traga mil pessoas tão justas e piedosas como você. E eu te dou minha palavra que não destruo a cidade. Ao que o homem concordou... e então começa a descer a montanha em direção à cidade onde iria reunir as tais mil pessoas. E, ao descer a montanha, começa mentalmente a pensar nas tais pessoas. E, antes de chegar ao destino, se dá conta que isso é muita gente e que ele não conhece naquela cidade mil pessoas q realmente sejam piedosas, éticas, etc. Concluindo isso, resolve voltar ao encontro de Deus e então diz ao mesmo: Senhor eu pensei melhor. E acho que vai ser difícil encontrar as mil pessoas. Mas, vim aqui pra lhe perguntar: se eu conseguir reunir cem pessoas o Senhor me promete que não destrói a cidade? Deus então responde: Sim, meu filho...traga as 100 pessoas. Novamente, descendo a montanha, ele começa a pensar em quem seriam as tais 100 pessoas e, uma vez mais, chega a conclusão que não terá sucesso. O homem volta novamente para negociar a quantidade de pessoas com Deus. E assim sucede até o momento em que ele chega a três pessoas... E Deus concorda... Só que, mesmo assim, ao escrutinar sua memória sobre todas as pessoas que ele conhece, ele percebe que nem mesmo em sua família existe esse tipo de gente. Então, muito triste, ele volta ao encontro de DEUS e proclama a VERDADE. Deus, me desculpe por tentar dissuadir o Senhor de não destruir a cidade, pois tens razão. A cidade está dominada pelo mal e a única solução é, mesmo, destruí-la. Para sua surpresa... DEUS, NOSSO PAI, dia a ele: A VERDADE É QUE DECIDI QUE NÃO VOU MAIS DESTRUIR A CIDADE. PORQUE, APESAR DE TUDO, AINDA ASSIM, NESTA CIDADE EXISTE UM HOMEM COMO TU. E É JUSTAMENTE POR CAUSA DE TUAS AÇÕES QUE VOU POUPAR TODOS OS OUTROS HABITANTES DESTA CIDADE. TUA FÉ RESGATOU A TODOS OS OUTROS”.

    E minha amiga continua:

    Ou seja, uma só pessoa, agindo com Deus, foi, é e sempre será a maioria. Lembre-se sempre disso! Jamais deixe que qualquer aparência em contrário te contamine e faça com que você perca de vista a luz e o amor que te habita e te anima. Lembrando-se que estamos aqui para fazer parte da solução que se encontra dentro de nós... e não para sermos mais um que é parte do problema.

    Petra, amiga querida, a começar de você, que crê nisso com cada fibra do seu coração, agora sei que – SIM – os bons são a maioria!

    Beijos e graças sempre, por mais esta dádiva em sua companhia!

    Agora, imaginem o que esses seres do bem, conscientes de si, e dessa Maioria com Deus, podem fazer juntos? Só 10% para mudar o mundo... 

    Assistam o vídeo abaixo e sonhem. Sonhem alto! Por que não?


    PS – Marcia, grata por me cutucar nesse tema e fazer eu ter a certeza, finalmente. ☺




    Escrito por Dani Guima às 16h46
    [] [envie esta mensagem] []




    [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]